CorelDRAW X8 - Informações para o Canal.
21/03/2016
Com 6 modalidades comerciais e nova política de atualização, Corel revela estratégia decanais para lançamento do CorelDRAW X8: Para fortalecer distribuidores e revendedores, empresa aproveita lançamento do X8 para somar novas ferramentas de apoio comercial no País O lançamento do conjunto de software de artes gráficas CorelDRAW Graphics Suite X8, realizado mundialmente em meados de março, foi a oportunidade que a subsidiária brasileira da Corel Corporation esperava para incrementar sua política de canais de venda no País. Segundo Flávio Tedesco, gerente de Canais da Corel Brasil, a estratégia inclui desde novas modalidades de venda – como a assinatura no formato pay per use – até a manutenção de preços. “O lançamento oferece uma real oportunidade de bons negócios para nossos parceiros em distribuição e vendas”, diz Flávio Tedesco, “até porque o mercado estava esperando por essa nova versão do CorelDRAW . Isso significa uma forte demanda reprimida que pode ser aproveitada agora.” Com a ideia de fortalecer o canal de distribuição – formado pelas distribuidoras Alcateia, Boxware, Ingram Micro e Officer – e os mais de 500 revendedores ativos em todos os pontos do País, a empresa trabalha sobre três grandes eixos. O primeiro é a profusão de modalidades em que o CorelDRAW pode ser adquirido, atendendo a diferentes perfis de consumidores. São seis modalidades, todas disponíveis para as revendas – a assinatura anual, do tipo pague pelo uso, as vendas de licença individual perpétua e de licenciamento em volume perpétuo, a comercialização em download (ESD), o licenciamento acadêmico e a disponibilidade do produto em caixa. Esse última opção, cada dia mais rara no mercado, é justificada por Tedesco como “diferencial tradicional” a consumidores finais e corporativos conservadores que gostam de comprar nesta modalidade há muitos anos. O segundo dos grandes eixos comerciais é a recém-lançada política de atualização aberta. Por meio dela, o usuário de qualquer uma das 17 versões do CorelDRAW lançadas desde o início da empresa, em 1989, pode fazer upgrade para a X8 por preço fixo de R$ 899, com desconto superior a 60% sobre o preço cheio do programa, de R$ 2.399. “É uma ótima oportunidade para o canal de transformar milhares de usuários de edições antigas em clientes atualizados”, analisa Tedesco. Por fim, o último dos eixos estratégicos é a manutenção de preços do produto nos mesmos níveis praticados para a versão X7, no mercado há dois anos e agora sendo substituída pela nova X8. Para Flávio Tedesco, trata-se de uma política de preços “bastante agressiva” considerando a grande variação cambial nos últimos meses. Segundo ele, é um diferencial que será apreciado pelo consumidor, tanto pessoa física quanto corporativo, “que tem no bolso um ponto de grande sensibilidade hoje em dia”. A Corel está distribuindo a seu canal informações detalhadas sobre o produto e as categorias comerciais até 1 de abril. Os revendedores podem se informar a respeito no Portal de Parceiros da Corel Brasil, em www.corelbrasil.com.br, onde revendas podem se cadastrar e utilizar diversas ferramentas, entre as quais de mapeamento de oportunidades.